O mundo mudou e nós nos recusamos a fazer as mesmas coisas e das velhas formas porque:

01

A comunicação está em plena ebulição e fragmentação. Dito isso, os processos precisam ser reinventados ou colocados abaixo;

02

A nossa aposta é na pessoa, na simplicidade, no potencial criativo de cada indivíduo;

03

Vivemos a vida on-life (digital = real), em que o digital e o real se misturam e são impactados pelas conexões e alianças reais;

04

Acreditamos no relacionamento, na vivência e na experiência para gerar resultados;

05

Vivemos a multidisciplinaridade, a flexibilidade, o experimentar e o construir junto, seja com o cliente, com o stakeholder ou com o jornalista;

06

Produzimos o discurso transparente de conteúdo consistente;

07

Vivemos em modo beta continuadamente.